auxílio brasil como se cadastrar

Em um ano de eleições presidenciais conturbado e polarizado como o que estamos passando, muitas dúvidas surgem na cabeça dos eleitores e uma das que mais intriga os brasileiros é: Qual o valor que será pago pelo Auxílio Brasil em 2023?

Pois é, existem muitas informações diferentes na imprensa em geral e declarações de políticos que precisam ser conectadas para descobrir de fato os os valores que serão impostos pelo Governo Federal. 

Hoje, são mais de 18,15 milhões de famílias contempladas pelo Auxílio Brasil, que foi criado em 2021 com a finalidade de substituir o Bolsa Família, programa de distribuição de renda criado pelo ex-presidente Lula, no distante ano de 2003.

Em 2022, houve um considerável aumento no tíquete médio dos beneficiários do auxílio, que deixaram de receber R$ 190, para receber vencimentos em torno de R$ 227 por família. Devido às crises na economia, é fato que o dinheiro não foi o suficiente para dar amparo às famílias que estavam recebendo o Auxílio Emergencial 2021, benefício criado por Jair Bolsonaro durante o período pandêmico e que pagava vencimento estimados em R$ 375.

O fato levou o Ministério da Cidadania a criar o Benefício Extraordinário do Auxílio Brasil em dezembro de 2021. Com isso, a partir de janeiro deste ano, os beneficiados passaram a receber parcelas mensais de, pelo menos, R$ 400.

  1. O repasse mínimo de R$ 400 seria pago somente até dezembro. No entanto, no Congresso Nacional, foi protocolada a Medida Provisória n° 1076 que permitiu no mês de agosto, que o benefício extraordinário tivesse este valor permanente. As famílias que a partir de janeiro do ano que vem voltariam a receber vencimentos próximos aos R$ 217, permaneceram recebendo as parcelas de R$ 400 mensalmente. 

Vem de uma renda familiar mínima que o governo fez para as pessoas de baixa renda, assim como está escrito aqui no artigo, nossa história”, disse o ministro da Cidadania, Ronaldo Bent, no dia em que foi protocolado.

  • Com a aprovação, as despesas do Auxílio Brasil ao Governo Federal chegarão a R$ 90 bilhões anualmente, já considerando o atual número de famílias que estão sendo beneficiadas: 18 milhões.

Segundo uma pesquisa feita pelo Datafolha, encomendada pelo Grupo Globo e pelo jornal Folha de S. Paulo, afirmou que 82% da população brasileira e dos eleitores defendem a manutenção do Auxílio Emergencial no valor de R$ 600 em 2023.

auxílio brasil 2022 cadastro

  • A pesquisa ainda afirma que 8% da população acredita que o valor deve ser reduzido e manter o vencimento de R$ 400. 2% defendem o aumento e 3% acreditam que o benefício precisa acabar.

Entre os beneficiados, 90% querem que o valor seja mantido por pelo menos mais um ano. 5% defendem que o benefício diminua para R$ 400 ,1% pede um valor mais alto e 1% quer o fim do programa.

  • O Datafolha ouviu 2.676 pessoas em 191 municípios entre os dias 8 e 9 de setembro

Neste ano eleitoral, o presidente e candidato Jair Bolsonaro, fez promessas referentes ao Auxílio Emergencial aos seus eleitores. Ele disse que pretende aumentar a mensalidade em mais R$ 200 para os beneficiários que começarem a trabalhar, o que na visão de muitos, foi um estímulo ao trabalho. assim  o atual pagamentos  prevê , os benefício será de R$ 800 , caso a promessa se concretize.

“Os mas de 20 milhões de brasileiros que recebem o Auxílio Brasil de no mínimo R$ 600 agora receberão mais  R$ 200 se começarem a trabalhar. Vai ser R$ 800 mais o salário do trabalho”, disse Bolsonaro em depoimento.

pagamentos do Auxílio Brasil

Os atuais pagamentos do Auxílio Brasil só são possíveis devido à aprovação da PEC dos Benefícios, vigente até dezembro deste ano. O abono mínimo de R$ 400 voltará a ser pago a partir de janeiro do ano que vem

Alguns tópicos precisam se manter para que o Auxílio Brasil em 2023 se mantenha com o valor de R$ 600, como por exemplo, a elaboração de um Proposta de Emenda à Constituição (PEC) ainda em 2022 na tentativa de assegurar o benefício de R$ 600 em 2023, a criação de uma Medida Provisória (MP) e incluir o valor de R$ 600 no Auxílio Brasil em 2023 a partir do Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA).

Veja os requisitos para receber o Auxílio Brasil:

  • Ter Cadastro Único dos Programas Sociais do Governo Federal, pelo município residente
  • Passar pela seleção feita pelo Ministério da Cidadania;
  • Estar em situação de pobreza ou de extrema pobreza.

beneficiário para 2023

Alguns especialistas em economia apoiam o redesenho do programa beneficiário para 2023. Letícia Bartholo, ex-secretária nacional adjunta de Renda de Cidadania no governo de Dilma Rousseff (PT), afirma que o desenho do Auxílio Brasil hoje é equivocado porque gera incentivos para que familiares que moram juntos se cadastrem como se vivessem separados, com a finalidade de duplicar o valor recebido.

definição do benefício

“É preciso fazer  retornos de   um desenho que pague um valor por pessoa, ou seja, que considere a composição das famílias na definição do benefício”, diz. “E tornar esse programa um direito dos mais pobres, com regras de atualização das linhas de pobreza e dos valores pagos, Lembrando que tem que ter um Nis, para que paremos de ver essa espécie de uso eleitoral da pobreza.”, disse em entrevista ao Portal Valor Econômico.

Como receber?

Cadastramento

Procure o setor responsável pelo Auxílio Brasil no seu município, caso sua família se encaixa nos parâmetros do governo. Lembre-se é necessário a apresentação do documento de identificação para fazer parte do Cadastro Único dos Programas Sociais do Governo Federal.

Seleção

A seleção pelo Ministério da Cidadania com base nos dados apresentados pelas prefeituras no Cadastro Único, referentes à família. A seleção é feita mensalmente. 

Pagamento

Com tudo certo e regularizado pelo Ministério da Cidadania, será concedida parcela do Auxílio Brasil. Os valores são disponibilizados mensalmente, conforme calendário de pagamento..

 

RECOMENDADO PELO EDITOR


Pega Game Aqui